Depilação com cera ou à Laser? Conheça as diferenças de cada tipo de depilação

Seja para os momentos íntimos ou para se sentir melhor no dia a dia e poder vestir suas roupas e lingeries à vontade, a depilação é um fator muito importante; tanto para mulheres, quanto para os homens.
Se o seu desejo é se livrar dos pelinhos, você pode contar com métodos mais ou menos eficazes, mais ou menos dolorosos.

Depilação com Cera

Feita por profissionais treinados, consiste em aplicar uma cera morna em uma área e arrancar o pelo pela raiz.
A cera quente provoca menos dor que a fria por dilatar os poros no processo e assim fica mais fácil puxar os pelos.
Para evitar pelos encravados, os esteticistas recomendam que se faça uma esfoliação dois dias antes.
Apesar de ser um método barato, é um método agressivo à pele (além de a temperatura nem sempre estar no grau adequado), propicia resultados duradouros, em torno de 15 a 20 dias, é prático e higiênico, mas pode gerar irritações nas áreas já anteriormente depiladas.

Depilação a laser

O laser vai queimar a raiz do pelo, portanto se você seguir o tratamento todo (de quatro a oito sessões) nunca mais vai voltar a vê-los em seu corpo. A razão de tantas sessões é que o laser só age com eficiência naqueles pelos que estão na fase anágena, ou seja, em crescimento.
Hoje em dia o método é bem menos doloroso do que quando surgiu anos atrás, hoje muitas clínicas, dispõem de equipamentos que sopram um gás refrigerado enquanto o laser está sendo aplicado.
Esse tipo de procedimento elimina definitivamente os pelos da área escolhida. É praticamente indolor (dá uma leve sensação de desconforto) e a aplicação é rápida (cerca de 30 minutos).
Ele também estimula o colágeno da pele, deixando-a mais lisa e macia. 

Cursos sugeridos

WhatsApp Atendimento por WhatsApp