Drones | Um mercado em ascensão

Desde que a ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil – regulamentou o uso de drones no Brasil, no início de 2017, o órgão já registrou cerca de 40 mil drones, sendo 35% destinados ao uso profissional. Além disso, somente em 2017 foram movimentados R$300 milhões de reais e a expectativa para 2018 é que esse número cresça 30%.

Por isso, viemos aqui hoje falar mais sobre esse mercado que está em constante ascensão.

Se em um primeiro momento os drones chegaram apenas para fins recreativos, isso já ficou para trás.
A prova disso, é que nos últimos cinco anos o mercado de drones teve uma grande expansão e não é pouca a diversidade de uso e benefícios dos drones.
No setor agrícola, por exemplo, o uso dos Drones têm otimizado a plantação e colheita a partir do mapeamento de áreas e estudo do solo.

Além disso, eles também têm servido de apoio em situações de catástrofes naturais, incêndios e resgates onde o acesso humano é difícil.
Hoje em dia também já é possível fazer a vistoria interna de oleodutos, o que era impossível até então, mais uma prova de que os drones estão sendo cada vez mais explorados.

O mercado de drones ainda é emergente, mas as expectativas ao redor dessa tecnologia são as mais otimistas possíveis, até 2020 espera-se que o mercado global de drones triplique de tamanho, o que trará cada vez mais benefícios a vários setores e, indiretamente a toda sociedade promovendo inclusive mais vagas de trabalho.

Deixe um comentário

WhatsApp Atendimento por WhatsApp